Nossa equipe foi até o Uruguai conhecer Natalia, que é atriz de teatro e tem síndrome de Down. Ela ganhou o prêmio Florencio, troféu do teatro da Espanha:

Eu ganhei o Florencio. Nem conseguia acreditar. Eu fiquei sem palavras e fiquei muito alegre, muito emocionada. Disseram meu nome e disseram quem era a vencedora e era eu que estava recebendo o Florencio na categoria teatro infantil”.

Isabelle Correia fotografa crianças com deficiência gratuitamente no projeto “Estrelinha”. Nós acompanhamos uma sessão de fotos com três crianças com síndrome de Down na Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro. Isabelle contou como é participar do projeto:

“Está sendo gratificante participar do projeto. Então, os pais ficam surpreendidos com a fotografia. Cada mensagem que eu recebo que não tem preço, carinho das crianças então é único”.

Fernanda Honorato bate um papo com os atores Lúcia Forneiro e Paulo César, do Teatro Novo. O grupo é composto por pessoas com síndrome de Down. Paulo falou sobre o quanto gosta de atuar:

“Eu amo meu trabalho, o meu trabalho é teatro. O teatro é muito importante na minha vida e foi através do teatro que eu aprendi tudo. Teatro é uma coisa que é um trabalho de gente profissional e tem que mostrar em um lugar esse trabalho, porque esse trabalho é tão maravilhoso que todo mundo tem que acreditar naquilo que a gente sabe fazer”.

0
0
0
s2sdefault