PROGRAMA ESPECIAL

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho normal da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
  • layout default 
  • layout default daltonismo 
  • layout default contraste
Home Blog PARALIMP√ćADAS I

PARALIMP√ćADAS I

Envie este artigo para um amigo Imprimir PDF

No Programa Especial desta semana, vamos falar sobre os preparativos para a Paralímpiada Rio 2016. Zé Luiz Pacheco e Fernanda Honorato visitam o Centro de Treinamento Paralímpico em São Paulo. No Rio de Janeiro, uma reportagem de Fernanda Honorato sobre a acessibilidade dos Jogos Rio 2016 e outra sobre a tocha paralímpica. E, ainda, dois atletas no quadro Paralímpicos.

Em um ambiente interno, homem segura tocha paralímpica

 

Fernanda Honorato foi até o Comitê Paralímpico Brasileiro conversar com Augusto Fernandes, que é Coordenador de Acessibilidade Rio 2016 e tem deficiência física. Ele contou para Fernanda como será a acessibilidade nos jogos.

‚ÄúPara a pessoa com defici√™ncia visual, nas instala√ß√Ķes, haver√° mapa t√°til, piso t√°til e alguns esportes v√£o ter narra√ß√£o audiodescritiva. A sinaliza√ß√£o, que √© um recurso muito importante, n√£o somente para a pessoa com defici√™ncia auditiva, mas tamb√©m para que todos possam saber o caminho e onde se encontra cada local da instala√ß√£o. E para pessoas com defici√™ncia f√≠sica, n√≥s vamos ter acessibilidade, rotas acess√≠veis, com rampas, elevadores e vai ter servi√ßo de cadeira de rodas, empr√©stimos de cadeira de rodas. E para a pessoa com defici√™ncia intelectual estamos treinando pessoas para poder lidar exatamente com cada tipo de defici√™ncia intelectual.‚ÄĚ

No Rio de Janeiro, Fernanda Honorato entrevistou Marcos Lima, que é especialista em integração Paralímpica. Ele tem deficiência visual e falou sobre o conceito da Tocha Paralímpica.

‚ÄúA Tocha Paral√≠mpica √© um s√≠mbolo dos jogos paral√≠mpicos. O revezamento da tocha passar√° nas cinco regi√Ķes do Brasil. A tocha tem num formato cil√≠ndrico, vai se afunilando quando voc√™ vem do alto para baixo. Possui uma inscri√ß√£o em Braille na parte inferior da tocha, que s√£o os valores paral√≠mpicos: coragem, determina√ß√£o, inspira√ß√£o e igualdade. A tocha de cima para baixo vai representando os formatos, os relevos da cidade do Rio de Janeiro. Para uma pessoa cega, que n√£o tem como botar a m√£o no alto da pedra da G√°vea, √© interessante tocar na tocha para sentir realmente como √© o contorno desses s√≠mbolos do Rio de Janeiro. E a tocha √© um convite passando pelas cidades e anunciando: 'Vem a√≠ os Jogos Paral√≠mpicos, a festa n√£o terminou.' Pelo contr√°rio, vai come√ßar uma outra festa.‚ÄĚ

Nossos repórteres Fernanda Honorato e Zé Luiz Pacheco foram até São Paulo visitar o Centro de Treinamento Paralímpico. Eles conversaram com Ciro Winckler, coordenador técnico de atletismo para saber sobre a estrutura e acessibilidade do local.

‚ÄúO centro paral√≠mpico, ele tem como objetivo, desde sua constru√ß√£o, ser um dos principais legados do Jogos 2016. Eu acho que a perspectiva para 2020, 2024, passa a ser fant√°stica, porque √© aqui que os atletas v√£o treinar e se encantar para os pr√≥ximos jogos. O centro paral√≠mpico est√° previsto para 16 esportes. Isso aqui j√° vai ajudar com os jogos do Rio, mas n√≥s vamos sentir um grande efeito desse treino em 2024, em 2028. Com certeza, em T√≥quio, n√≥s j√° vamos chegar com excelentes resultados em muitos atletas que v√£o aparecer aqui dentro do centro. Al√©m dos treinamento de alto redimento, aqui dentro do centro n√≥s vamos ter as escolinhas de esporte, n√≥s temos um centro de avali√ß√£o. N√≥s temos uma √°rea de reabilita√ß√£o, n√£o s√≥ reabilita√ß√£o p√≥s trauma, mas a reabilita√ß√£o do atleta para melhorar a performance dele. E tamb√©m alguns programas de detec√ß√£o de talento, que v√£o ser oferecidos aqui dentro do centro. Ent√£o, al√©m de ser a casa do atleta de alto-rendimento, vai ser o celeiro de descobertas de futuras medalhas paral√≠mpicas brasileiras. De todos os modelos esportivos que a gente viu no mundo, vimos que o mais interessante passa a ser o centro destinado a pessoa com defici√™ncia. O objetivo principal √© a pessoa com defici√™ncia. Os centro inclusivos s√£o interessantes mas, na maior parte da vezes, primeiro atendem o atleta ol√≠mpico e depois o paral√≠mpico. Ent√£o, a gente viu que o quer a gente quer para continuar crescendo, para manter o status do Brasil, √© o centro para a pessoa com defici√™ncia. E dentro do top 5, porque √© o nosso objetivo agora nos jogos estar entre os cinco melhores medalhistas nos jogos, o Brasil √© o √ļnico dos pa√≠ses que n√£o tinha nenhum centro esportivo.‚ÄĚ

Joomla Templates and Joomla Extensions by ZooTemplate.Com
 

Adicionar coment√°rio



Programa Especial

O Programa Especial é totalmente dedicado à inclusão das pessoas com deficiência. Todo sábado às 10h30min você pode acompanhar reportagens positivas, otimistas, descontraídas e acessíveis a todos. Para isso, o Programa conta com janela de LIBRAS, legenda e audiodescrição. Seja muito bem-vindo!