PROGRAMA ESPECIAL

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho normal da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
  • layout default 
  • layout default daltonismo 
  • layout default contraste
Home Blog Mobilidade e Acesso Internacional

Mobilidade e Acesso Internacional

Envie este artigo para um amigo Imprimir PDF

No Programa Especial desta semana, o tema é mobilidade e acesso internacional. Afinal, é muito importante que as pessoas com deficiência possam transitar livremente e frequentar lugares que sejam adaptados. Neste programa, vamos conhecer pessoas no exterior que trabalham para que isso aconteça.

√Ārea externa. Alberto em p√© segura a coleira de um cachorro.

 

 

Voc√™ vai conhecer Raul Krauthasen, um alem√£o que desenvolveu um aplicativo para smartphones, que classifica os locais como acess√≠veis ou n√£o. Ainda na Alemanha, voc√™ vai saber sobre a acessibilidade do centro de conven√ß√Ķes onde s√£o realizados v√°rios eventos, inclusive a Feira de Frankfurt. E no Uruguai, vamos conversar com Alberto Calcagno, idealizador da primeira escola de c√£es-guia do pa√≠s.

Nossa equipe conheceu o alemão Raul Krauthausen, que tem a síndrome dos ossos de vidro. Ele desenvolveu o Wheelmap, um site e aplicativo que mapeia a acessibilidade de locais para cadeirantes. Ele também criou a campanha 1001 rampas, com o objetivo de doar rampas a diversos estabelecimentos em Berlim. Raul falou sobre essa campanha:

‚ÄúNo wheelmap.org, n√≥s podemos tamb√©m marcar lugares se eles n√£o s√£o acess√≠veis. Tem muitos lugares que n√£o s√£o acess√≠veis porque voc√™ tem um ou dois degraus na frente da entrada. E ent√£o n√≥s tivemos a ideia e iniciamos uma campanha de arrecada√ß√£o de fundos onde n√≥s pedimos √†s pessoas para nos darem dinheiro para n√≥s comprarmos rampas e do√°-las a esses lugares onde cadeirantes desejam ir. A gente simplesmente chega com um a rampa m√≥vel e √© isso, todo mundo est√° feliz.‚ÄĚ

O Messe Frankfurt √© um importante centro de conven√ß√Ķes que recebe eventos o ano inteiro. Respons√°vel pela √°rea de acessibilidade, Stefan Luchtenberg, falou da import√Ęncia da inclus√£o de pessoas com defici√™ncia:

‚ÄúNas √ļltimas d√©cadas se tornou evidente que se deve levar em conta as necessidades das pessoas com defici√™ncia e apoiar a cria√ß√£o de condi√ß√Ķes para que essas pessoas possam participar da vida econ√īmica e social.¬† E para o Messe era claro aderir a esse conceito‚ÄĚ.

Alberto Calcagno é presidente da FUNDAPPAS, uma fundação que trabalha para viabilizar a primeira escola de cães-guia do Uruguai. Alberto foi o primeiro cego a utilizar um cão-guia no país. Ele explica como o cão deve ser treinado:

‚ÄúO filhote deve ser socializado a partir dos dois meses de vida. √Č entregue para as fam√≠lias que v√£o fazer efetivamente esse trabalho, isto √©, v√£o fazer o filhote conhecer o mundo para que, quando ele trabalhar na rua, seja como c√£o-guia ou c√£o de assist√™ncia, n√£o tenha nenhum tipo de surpresa e conhe√ßa a maior quantidade poss√≠vel de coisas‚ÄĚ.

E ainda, vamos acompanhar uma dica cultural sobre o Centro de Artes da UFF, Universidade Federal Fluminense.

Joomla Templates and Joomla Extensions by ZooTemplate.Com
 

Adicionar coment√°rio



Programa Especial

O Programa Especial é totalmente dedicado à inclusão das pessoas com deficiência. Todo sábado às 10h30min você pode acompanhar reportagens positivas, otimistas, descontraídas e acessíveis a todos. Para isso, o Programa conta com janela de LIBRAS, legenda e audiodescrição. Seja muito bem-vindo!