PROGRAMA ESPECIAL

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho normal da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
  • layout default 
  • layout default daltonismo 
  • layout default contraste
Home Blog Expressão Artística e Paralisia Cerebral

Expressão Artística e Paralisia Cerebral

Envie este artigo para um amigo Imprimir PDF

No Programa Especial desta semana, vamos conhecer pessoas com paralisia cerebral que se expressam através da arte: o documentarista Daniel Gonçalves; o pintor Victor Pereira; e o escritor Fábio Fernandes.

 

Em um parque, Victor sentado em um banco com um pincél no pé direito.

 

 

Daniel Gonçalves é jornalista e diretor de documentário. O último trabalho de Daniel se chama “Como Seria?” e faz uma análise de como teria sido a vida dele se não tivesse a paralisia cerebral:

“Eu parei para pensar e escrevi um texto e transformei aquele texto em um curta, que eu chamei de ‘Como Seria?’ e que nele, eu imagino como seria a minha vida sem a paralisia cerebral, que afeta a minha coordenação motora”.

Victor Pereira pinta com os pés desde os oito anos. Ele faz parte da Associação de Pintores com a Boca e com os Pés.

“A arte, para mim, é uma distração, diversão, animação, de criação e de evolução. Isso me motiva a ser uma pessoa mais independente, mais alegre”.

Fábio Fernandes é jornalista e escreveu o livro infanto-juvenil, “Bim, Um Menino Diferente”. O livro fala sobre a inclusão de crianças com deficiência. Fábio se comunica escrevendo com os pés através de um teclado de computador. Ele contou para a nossa equipe o que fez ele escrever o livro:

“A ideia do Bim é criar uma empatia do público infantil com o tema da inclusão, por isso a gente criou o Bim, que é um garoto de 11 anos que tem paralisia cerebral, mas que tem um modo otimista de ver a vida. Eu quis dar ao Bim a alegria que a criança traz naturalmente. O Bim é, antes de tudo, uma criança feliz, como eu fui”.

Joomla Templates and Joomla Extensions by ZooTemplate.Com
 

Adicionar comentário



Programa Especial

O Programa Especial é totalmente dedicado à inclusão das pessoas com deficiência. Todo sábado às 10h30min você pode acompanhar reportagens positivas, otimistas, descontraídas e acessíveis a todos. Para isso, o Programa conta com janela de LIBRAS, legenda e audiodescrição. Seja muito bem-vindo!